Tudo que Deus criou ... foi pensando em você!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Decisão ...

Pessoal recebi este texto e compartilho na integra com todos aqui que me acompanham ...
Talvez possa ajudar alguém que precise ...

Um Abraço fraternal e boa semana a todos.


Eduardo Januzelli

Boa Leitura.

Texto de Saul Brandalise Junior



Nossa vida se resume a uma correta e exemplar administração do nosso tempo. Poderíamos associar esta frase a uma, entre tantas definições de decisão. Vida é tempo. E ainda reclamamos que as coisas não acontecem a nosso favor. Como poderemos esperar por dias mais prazerosos se nada fazemos neste sentido? Temos que decidir ser melhores. Geralmente, não nos damos conta disso e ficamos inativos sem fazer absolutamente nada.

Ter tempo ocioso, para variar, às vezes é bom, mas é preciso saber tirar proveito deste. Conversar com amigos, tomar sol na praia, pescar, são excelentes exemplos deste aproveitamento. Isto se chama descansar a mente. Melhor ainda seria meditar.
Portanto, o que e como fazemos com o nosso tempo é um fator determinante de como organizo a minha vida. Aqui começa uma sábia decisão. Quem não consegue administrar o seu tempo não consegue maximizar o proveito de uma vida. Você sabe que tempo é dinheiro, mas pode não se dar conta de que tempo é vida. E vida é o presente. O passado serve apenas para tirarmos experiências. O futuro, para decidirmos ter uma vida melhor. Mas tudo começa no aqui e no agora.

Outro fator fundamental para uma correta decisão é o estado emocional. Jamais se deve tomar uma definição para um passo importante na vida com a emoção alterada. Para mais ou para menos, não importa. A chance de se cometer erros é enorme. Não é por um acaso que precisamos de controle emocional. Não é por fator de sorte que as decisões mais acertadas são tomadas pela manhã. Quem é empresário sabe disso. Jamais decida, no final do expediente, uma tarefa estratégica. A chance de se cometer erros é enorme. Nossa mente pode estar contaminada pelos problemas do dia.

O Fervor religioso é outro inimigo de uma sábia decisão. Ele pode "embotar" a nossa capacidade de entendermos o que acontece ao nosso redor. As religiões segmentam a verdade. Só vale aquela que interessa para elas. Fugiu disso... é pecado. Não, não é. É sabedoria zelar pelo nosso Livre-Arbítrio.
A informação correta -e em tempo adequado-, permite uma sábia decisão, do contrário estamos correndo riscos desnecessários.

Assim, não há como tomarmos uma decisão adequada para as nossas vidas sem controle emocional, um tempo certo, uma informação correta e a ausência de fervor religioso.

É verdadeiro afirmar que, se não estamos satisfeitos com o nosso momento, é preciso analisar as decisões que tomamos até ontem. Se, todavia, queremos mudar a nossa caminhada, precisamos alterar nossos conceitos para assim brotarem novas e frutíferas DECISÕES.
Ninguém, no Universo, está autorizado a interferir em suas decisões sem que pague um preço por isso. A lei soberana do LIVRE-ARBÍTRIO exige que cada ser humano seja respeitado em sua individualidade e que ele seja sempre o dono do seu caminho. Por isso, é verdadeiro dizer que ninguém é metade de ninguém. Somos inteiros e como tais precisamos ser respeitados.
Dias atrás uma pessoa me fez um email pedindo para explicar mais sobre as razões de seu filho ser obeso. Obviamente, pedi socorro ao meu Mestre ND. Com a data de nascimento da mãe e do filho, foi possível saber-se que o filho obeso era sufocado pela mãe.
É verdadeiro afirmar, sim, que saber decidir nos permite ter uma vida saudável. O Sufoco tranca o quinto chakra e a famosa "glândula da felicidade" (tiróide) deixa de funcionar corretamente; o estrago no organismo é enorme. A mãe confirmou: Sim, eu sufoco meu filho.

Decidir é simplesmente a soma de DECIDO+IR... Eu sou o senhor de minhas atitudes. Eu preciso me permitir IR e, portanto, SER. Aceitar que os outros interfiram em minha vida me torna submisso, e sem amor-próprio.
Ninguém tem o direito de interferir na minha, na sua caminhada. Se isso acontece é porque eu ou você permitimos.

Um comentário:

Maristela disse...

"Só tão alto quanto o que alcanço
posso crescer,
só tão longe quanto exploro
posso chegar,
só na profundidade para que olho,
posso ver,
só à medida que sonho
posso ser."

Se há algo do que me sinto
verdadeiramente dono,
não é de minha vida,
mas de meus sonhos.
LUIS CANÉ

Com carinho,
Maristela